NÃO PERCA SUA HORA!

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

MISSIONÁRIOS BRASILEIROS SÃO PRESOS NO SENEGAL


Um missionário brasileiro no Senegal foi preso sob acusação de acolher e evangelizar crianças que frequentam escolas islâmicas no país.
A informação foi repassada à Redação do Gospel+ pelo pastor José Sanches, do projeto Fronteiras África. O pastor em questão é o líder do projeto Obadias, José Dilson, enviado como missionário à região de Mbur, no Senegal, pela Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT).
José Dilson recebeu voz de prisão juntamente com uma das missionárias do projeto, Zenaide Moreira Novaes, e segundo a esposa do pastor, Marli, a acusação poderá fazer com que eles permaneçam presos por algum tempo.
De acordo com informações do site da APMT, ambos permanecem retidos e foram transferidos para a cidade de Thiés, vizinha ao local onde foram detidos, para prestarem novos depoimentos.
Em carta enviada pela esposa do pastor, ela revela que os missionários foram obrigados a assinarem documentos sem a possibilidade de ler o que estava escrito, e que o local onde estão detidos, não reúne condições mínimas de respeito aos direitos humanos. Confira abaixo a íntegra do relato:
“Queridos, finalmente na parte da tarde Jose Dilson e irmã Zeneide foram tranferidos para Thiés, para serem ouvidos pelo procurador. No documento de acusação consta que somos uma “Associação de Malfeitores para as crianças”. Foram obrigados a assinar este documento, sem terem possibilidade de ler o que estavam assinando. Quem nos conhece sabe o quanto temos nos empenhado para o bem de centenas de crianças no Senegal. Precisamos que continuem na brecha por nós. Vão ficar retidos mais uma noite, agora estão em uma cela como malfeitores, sem luz, sem água, sem uma cadeira para sentar, sem poder ter nenhum pertence pessoal consigo, numa cela imunda. Chorei muito ao ver esta situação, mas preciso ser forte. Por favor, orem para que possam nos permitir levar ao menos um colchão onde possam repousar esta noite. – Marli”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!